Como Se Tornar Um Youtuber – 14 Passos Para Alcançar o Seu Sucesso!

Descubra como gerar receita com seus vídeos

Nunca houve um público tão numeroso no YouTube. Nunca houve mais formas de promover o seu canal. O YouTube nunca foi melhor em recompensar o bom conteúdo com seu algoritmo de pesquisa. Então, quer mesmo saber como se tornar um youtuber?

como se tornar um youtuber - photo by Airman 1st Class Kylsee Wisseman

Parece haver um consenso de que iniciar um canal no YouTube não vale mais a pena. Isso se deve ao fato de que todos os milionários da plataforma já nasceram… Pois é verdade que já não é assim mais tão fácil virar uma estrela do YouTube da noite para o dia.

Mas isso não significa que você não pode ter sua fatia desse bolo e comê-la também. O sucesso dos influenciadores do YouTube no passado fez com que os profissionais de marketing mudassem a forma como podem alcançar potencialmente o público.

E as oportunidades de ganhar dinheiro são uma surpresa agradável, quando você percebe quantas delas existem!

Por isso ainda vale sonhar em ter seu próprio canal. A plataforma de vídeo se transformou em estratégia de marketing de muitas empresas, ou mesmo, algo viável a qualquer um que procura compartilhar sua voz com o mundo.

como se tornar um youtuber - My new video/podcast studio is finally finished and ready to go. Can't wait to use it in anger.

Aqui estão os 14 passos pra você saber como se tornar um youtuber

Como toda ocupação que requer continuidade (sim, você pode querer subir um vídeo ou outro de vez em quando, mas estou certo de que não é bem isso o que pretende, certo?), você precisa ter uma compreensão clara de certos aspectos, como seu público e o que está pensando em mostrar para ele.

Existem coisas que você deve ter definidas, antes mesmo de saber como poderá ganhar dinheiro no YouTube.

Afinal, você está aqui porque quer saber como se tornar um youtuber de verdade.

1ª passo – Defina seus objetivos

É importante decidir o que você quer fazer, antes de começar a criar um canal. O que você acha de criar algo que seja interessante para você?

Sim, pense nisso! Porque você não está só neste planeta. E o que será que irá fazer com que volte a ele?

Existem várias razões pelas quais as pessoas começam no YouTube e todas valem a pena. Como é importante entender o que lhe trouxe até aqui, para fazer escolhas que levarão até onde você quer ir!

Dinheiro

Muitas pessoas estão criando vídeos para ganhar dinheiro no YouTube, e é fácil entender por quê. Alguns dos youtubers de maior sucesso tornaram-se ricos graças aos seus vídeos.

Existem até mesmo muitos youtubers de “nível médio”, dos quais você talvez nem ouviu falar e que estão ganhando muito bem com os seus canais.

Então, você não precisa ser o próximo Rezende Evil para tornar esse sonho uma realidade.

Fama

Muitos a definem monetariamente. Mas há muito mais do que dinheiro no YouTube. Se você fatura uma tonelada de moedas, realizando um trabalho que você odeia, você consideraria isso ser bem sucedido, apesar de sua falta de realização?

O sucesso vem em diferentes formas. Portanto, cabe a você determinar onde considera ser o sucesso. Se você definir que ele não são as verdinhas do seu canal, lembre-se de que é isso que você escolheu.

Para algumas pessoas, tornar-se um youtuber o dinheiro não é o mais importante – elas só querem ser o centro das atenções

Quer seja uma alta contagem de visualizações para seus vídeos, maior número de inscritos ou apenas um aumento geral de engajamento, mantenha-se na sua meta. Qualquer outra coisa além disso será apenas um bônus.

como se tornar um youtuber - ajuda

Ajude os outros

A internet é um lugar mágico para as pessoas pagarem e compartilharem suas habilidades. Você pode iluminar pessoas ou histórias que merecem elogios e atenção.

Mas você também pode ajudar a promover causas importantes em que acredite, para um amplo e carente público.

Isso não precisa ser uma coisa só de astronautas. Existem infintas maneiras para você se tornar um youtuber. Às vezes, basta dar ideias e inspiração às pessoas.

2ª passo – Escolha o seu nicho e o conteúdo de seu canal

Este é um passo importante que muitas pessoas esquecem. É difícil encontrar uma audiência, se o seu público não souber o que fazer com você quando o encontrarem.

Os canais do YouTube de maior sucesso têm algum nível de consistência e conhecem seu público. Porque você não pode tentar ser tudo para todas as pessoas, o tempo todo.

Escolha o tipo de conteúdo que você deseja criar e para quem ele será destinado. Uma vez que você esteja confortável com o tipo de conteúdo que você está fazendo, então poderá se tornar um especialista.

Com a prática, você vai aprendendo afinal o que seus espectadores querem e dessa forma vai aprimorando o seu serviço

YouTube é vídeo, ponto

Há muito conteúdo bom, mas também uma tonelada de conteúdo terrível por aí. Para se destacar neste mar revolto, obviamente você precisará continuar remando e manter a cabeça acima da água.

Mas você, como um navegador, precisará ter um plano para chegar à costa. Assim, desenvolver seu conteúdo é a parte divertida, mas também é o seu trabalho.

Aqui, você está definindo a voz do seu canal e seu conteúdo deve estar alinhado a ela. Mesmo que seja só você e sua câmera, ainda assim está construindo a personalidade da sua marca.

Então, a maneira mais fácil de desenvolver seu canal é ser você mesmo. Mas e se você não for particularmente interessante, mesmo que o conteúdo que esteja produzindo seja?

Bem, então não há nada de errado em ser um pouco “extra”, acrescentar um “algo mais”, para adicionar entusiasmo aos seus vídeos.

Você precisará, ainda, decidir qual tipo de conteúdo a oferecer em seu canal. Observe, o alcance é enorme, desde vídeos de instruções até humor e críticas de todo tipo.

Conteúdo certo para o nicho certo

Depois de escolher seu nicho e o conteúdo a ser produzido, reflita um pouco, para descobrir como poderá tornar seus vídeos originais, únicos, usando o conceito da sua marca.

Após essas definições, certamente você buscará a certeza de dar a si mesmo algum jogo de cintura, para cobrir os assuntos mais comentados do seu setor.

Dessa forma, se surgirem grandes notícias ou se houver um assunto que você conheça, de outros canais semelhantes, não hesite em entrar na onda.

É importante permanecer relevante

Portanto, ainda que esteja cobrindo os mesmos tópicos que os outros, isso dará a você uma boa oportunidade de adicionar sua valiosa contribuição sobre um determinado assunto.


CONTEÚDO RELACIONADO – 10 erros que youtubers iniciantes cometem


3º passo – Planeje como tudo será

Agora, com o seu tipo de conteúdo devidamente ajustado à sua parcela de público, elabore um plano de trabalho. Não apenas como executará sua criação, mas tudo o que for deste empreendimento.

Pense nisso como um plano de negócios e retorne a ele de vez em quando, para ter certeza de que está de acordo às definições estabelecidas por você mesmo.

Contudo, este plano pode ser simplificado, como uma lista de verificação das coisas que você precisará. Desde a criação do seu canal, incluindo todo e qualquer equipamento necessário para produzir os vídeos com qualidade.

Pois então, este também é um bom momento para descobrir quem mais estará envolvido com o seu canal, se for o caso. Convide um amigo para integrar-se à sua ideia. Pergunte se ele também quer saber como se tornar um youtuber.

Em essência, crie um cronograma realista para a sua agenda de postagem. Reúna tópicos para o seu conteúdo e certifique-se de seguir seu roteiro, de forma consistente, ao longo de sua jornada.

Desenvolva suas ideias de vídeo

É aqui que as coisas começam a ficar divertidas.

Antes mesmo de começar, você pode criar seu próprio brainstorming (tempestade de ideias) sobre vídeos que você pode criar.

Olhe para vídeos de sucesso no seu nicho. Também pense nos vídeos que você gosta de assistir.

Com o tempo, aprenderá o que você e seu público curtem.


CONTEÚDO RELACIONADO:

KondZilla é o canal nacional mais acessado, com um número de inscritos acima dos 40 milhões.

Enquanto eu editava este artigo, o vídeo “O Bebê, de Kevinho e Mc kekel”, batiam a incrível marca dos 294.639.026 views.


4º passo – Crie o seu canal!

Depois de ter feito o seu planejamento, é hora de entrar no próprio YouTube!

Configurar seu canal do YouTube não é a parte mais interessante do processo. Mas você deve levar isso em conta, pois deve cuidar da sua marca com toda atenção.

E deve também saber como otimizá-lo para o sucesso.

Aqui está o que você deve fazer:

Crie sua conta

Para começar, aqui está um ótimo passo a passo da própria Google, sobre como criar e configurar sua conta no Youtube: Ajuda do YouTube.

Escolha o seu trabalho artístico

O trabalho artístico de seu canal do YouTube que você usa, não necessariamente cria ou interrompe seu canal, mas faz uma grande diferença se você der uma boa olhada no YouTube.

Existem algumas oportunidades para fazer isso

Ícone do canal

Esta é uma pequena imagem que será exibida em todos os lugares em que seu canal e seus vídeos estiverem presentes. Não se preocupe com os detalhes mais sutis. Apenas crie algo simples e reconhecível.

Agora, pense na sua arte de banner como o tapete de boas-vindas, pronto para qualquer pessoa que esteja disposta a visitar seu canal. Não precisa ser chique, mas você quer causar uma boa impressão, não importa qual dispositivo esteja usando.

Recomendamos o uso de uma ferramenta barata como o Snappa para obter um trabalho artístico fácil e atraente.

Use ferramentas úteis do YouTube

O YouTube tem muitos recursos úteis que ajudam você a conseguir mais visualizações. Logo após o lançamento, recomendamos que você ative recursos como canais, cartões e listas de reprodução relacionados.

Sabe o que não é uma boa? Um perfil de YouTube meia boca, chinfrim. Se você está tentando fazer com que o seu canal “aconteça”, não pode deixar de lado certos detalhes.

Veja bem, imagem é tudo. E portanto, a apresentação é fundamental. A foto ou o logotipo do seu perfil precisam ser definidos no local correto. Assim como a imagem do banner do seu canal também deve ter as dimensões corretas.

Outra coisa em que você deve pensar são o estilo das miniaturas de seus vídeos. Elas devem ter seu próprio jeito visual que você continuará reproduzindo consistentemente. Certo?

Enfim, para garantir que todos os seus elementos estejam no lugar e com o tamanho correto, crie um checklist e confira tudo, antes de subir seu vídeo.

5º passo – Avalie seu equipamento

Quando souber por que você está aqui e que tipo de conteúdo você estará fazendo, é hora de descobrir qual equipamento você usará para fazer isso.

Você pode começar com o seu maravilhoso smartphone, o canivete suíço digital!

Observe se sua câmera é capaz de filmar em alta resolução. Observe se a imagem está com um bom enquadramento, confira a iluminação e o som. Pronto. Já da pra começar!

Com o tempo, você poderá investir num equipamento mais parrudo e assim, ampliar suas capacidades de produção como um verdadeiro youtuber profissional.

Em todo caso, observe esta lista básica de equipamento, que é necessária para a sua produção caseira:

Computador

Você não precisa de uma máquina de alta potência, mas a edição de vídeo será frustrante se você tiver um laptop velho… Verifique as especificações do seu computador e certifique-se de que ele possa atender a estas necessidades:

  • memória RAM – mínimo de 4 GB
  • espaço disponível no HD – mínimo de 250 GB

Software de Edição

Existem várias opções para isso. Você pode ir se ajeitando com ferramentas gratuitas, como o Windows Movie Maker, o iMovie para Mac e o pessoal do Linux tem o OpenShot. Aliás, este editor também roda nos três sistemas. Legal, né?

Quando você melhorar o seu calibre, então valerá à pena uma busca por editores mais completos.

A lista é enorme

Futuramente, você também pode entrar em contato com a gente. Nós poderemos recomendar outros softwares, de acordo com o seu equipamento e necessidades. Será um prazer!

Câmera para o YouTube

Este é outro departamento que tem um infinidade de opções, como um figurino: um modelito para cada corpo.

Como disse, inicialmente você poderá conviver com a câmera do seu smartphone. Mas não demorará muito para que você (e seu público-alvo) comecem a querer que sua produção necessite de uma câmera mais adequada.

As câmeras DSLR (Digital Single Lens Reflex), preferidas pelos profissionais, resolverão plenamente o seu caso.

No entanto, eu ainda uso uma Nikon compacta COOPIX S3500. Ela possui alta resolução de imagem e que me entrega uma qualidade bem satisfatória.

Microfone

Muitos usuários do YouTube terão algo a dizer em seus vídeos. Então é importante ter um microfone externo para gravar seus vídeos.

Não confie no seu microfone embutido dos laptops! Eles, em geral, têm uma péssima qualidade de captação e isso ficará imediatamente óbvio para seus espectadores.

Como consequência, isso causará uma má primeira impressão. Evite-o, pois.

Sabe aquela expressão: “alto e em bom som”? Pois é, mesmo nos vídeos, o áudio vem em primeiro lugar!



Software de captura de tela

Nem todo mundo precisa filmar para se tornar um youtuber de sucesso. Muitas personalidades do YouTube ficam atrás da câmera, ou simplesmente mostram o que está na tela do próprio computador.

Ferramentas como o Camtasia (baixe aqui a versão trial de 30 dias) são projetadas para realizar este trabalho: capturar o que está na sua tela.

Outra excelente opção é o OBS Studio (Open Broadcaster Software), um aplicativo para gravação de vídeo e transmissão em tempo real, de código aberto e 100% free. Ele está disponível para Windows, Mac ou Linux.

Para usá-lo, basta escolher o sistema operacional, fazer o download e logo depois instalar no seu desktop. Simples assim.

Isso é ótimo. Se você estiver criando vídeos para dar às pessoas instruções úteis sobre como fazer algo online, ou em um computador, basta criar o layout, capturá-lo e depois mandar para o editor imagens.

E voilá! Você produziu um vídeo!

Alternativamente, programas de apresentação, tal qual o Powerpoint, também são capazes de gerar vídeos. Mas têm menos recursos e o resultados não fica tão bem.

Iluminação e Acessórios

Se você quer aumentar o seu suporte no departamento de produção, e para melhorar o trabalho da sua câmera, então você definitivamente deveria pensar em como iluminar seus vídeos.

Você não precisa gastar muito dinheiro com esse desafio

Considere também o uso de equipamentos úteis, que façam seus vídeos parecerem suaves e profissionais, como um tripé ou uma iluminação básica.

A luz do sol ainda é a melhor opção. Sendo assim, encontre um local externo, sossegado, e que tenha uma luz natural bem distribuída.

Faça diversas tomadas, até se definir pela ideal.

Tenha certeza de uma coisa, saber como se tornar um youtuber, inclui conhecer e dominar seu equipamento básico.

Portanto, bote fé na tecnologia, pois ela veio para multiplicar o nosso conhecimento e capacidade produtiva.

De fato, ela permite que pessoas comuns, como eu e você, sejamos capazes de lançar nossos projetos, indo além daquela máxima do genial cineasta Glauber Rocha: “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”.


como se tornar um youtuber - chroma key

CONTEÚDO RELACIONADO – Você conhece o chroma key? Que tal aprender como utilizar essa técnica e produzir seus vídeos com ótima qualidade e em pouco tempo?

Veja como montar um estúdio profissional em sua própria casa

Conheça o Guia Completo do Chroma Key Caseiro!


6º passo – Suba seu 1º vídeo!


Excelente, você chegou ao ponto em que pode começar a criar e compartilhar vídeos. Agora, por certo, fica divertido.

Pois chegou a hora de compartilhar seu trabalho com o mundo!

Quando você cria seus vídeos, deve ter algumas coisas em mente (além de se divertir).

3 coisas para fazer com cada vídeo:

  • Entregue valor ao seu público – seja informação ou entretenimento, dê a eles o que eles querem!
  • Faça um ótimo primeiros 15 segundos – isto é, quando as pessoas decidem se vão continuar assistindo você ou não
  • Lembre-os de curtir / assinar / compartilhar – isso aumentará suas chances de que eles gostem!

Com o tempo, você aprenderá muitas dicas e truques para ampliar e melhorar seus vídeos. Então acostume-se a visitar os trabalhos de outros youtubers, para melhorar a sua qualidade e tornar seu conteúdo mais envolvente!

Para enviar seus vídeos é muito simples. E o Google até já resolveu isso pra todo mundo. Basta acessar a ajuda do Youtube e seguir as opções para computador, Anroid, iPhone ou iPad.

7º passo – Atenção ao SEO do seu canal

Não espere ganhar nenhum Oscar com sua primeira entrada no YouTube.

Todo mundo precisa começar de algum ponto e está totalmente certo aprender do estágio onde você se encontra! Ninguém nasceu pronto e você quer saber, de fato, com se tornar um youtuber.

Sendo assim, vá conforme seus próprios passos, um após o outro. Estamos só no começo.

Agora você vai dar toda sua atenção às técnicas de SEO. Em inglês significa Search Engine Optimization (ou otimização para os mecanismos de busca).

Pois configurar corretamente o SEO para seus vídeos do YouTube é muito importante, já que você dedicou tempo para produzi-los. Sendo assim não deixe que eles percam desempenho.

O YouTube possui um mecanismo de pesquisa muito sofisticado e as pessoas o usam com frequência para descobrirem novos conteúdos.

O que é ótimo, pois significa que os seus vídeos, se estiverem corretamente indexados, eles poderão aparecer nos resultados de busca.

como se tornar um youtuber - seo

Um SEO básico para seus vídeos

O assunto é, certamente, bem mais amplo e complexo do que verá aqui. Mas por ora, é só para você ir sentindo o gostinho…

  • palavras-chave
  • título
  • tags
  • legendas
  • crie links para o seu canal

Ao escolher as palavras-chave certas, você melhorará sua chance de ser encontrado, visto e apreciado.

Se houver vídeos parecidos com um que você deseja criar, dê uma olhada nas palavras exatas que você digitou para os resultados.

Em seguida, tente uma pequena variação para ver como os resultados mudam, apenas para que você possa ver o que uma ou duas diferenças podem fazer.

Pesquise as palavras-chave que você gostaria de usar, a popularidade delas e as palavras-chave usadas pela concorrência.

Depois de publicar alguns vídeos, não tenha medo de pedir feedback. Converse com seus amigos e familiares e pergunte-lhes especificamente o que seus vídeos poderiam usar mais, ou menos.

Você também pode ver os comentários iniciais recebidos. Apenas ignore os inimigos, rs.

Tudo bem, o assunto é mesmo muito importante, e pode ser que você queira configurar o SEO para seus vídeos de forma consistente. Veja então 12 dicas matadoras.

Por fim, você deve garimpar comunidades e fóruns de usuários do YouTube que estejam dispostos a oferecer um feedback significativo para seus colegas vloggers.

8º passo – Seja consistente: defina um horário

Uma das maiores chaves para o sucesso no YouTube é a consistência. Os inscritos querem saber que podem contar com seu conteúdo e terão mais chances de visualizar novos vídeos.

Não é apenas para os espectadores: a estabilidade ajudará você a se concentrar no seu canal e a criar um conteúdo melhor o tempo todo.

Pois é, não importa quantos desses artigos sobre o sucesso no YouTube que você lê, você sempre encontrará essa orientação: seja consistente.

Você deve, então, ser coeso, para obter qualquer tipo de sucesso. Faça isso ou deposite suas fichas num suposto sucesso viral, instantâneo…

Mas acertar o sucesso, com uma tacada só… será?

Portanto, não importa o tipo de conteúdo que você esteja produzindo, seja constante com seu tempo e tipo de produto.

Ao definir seu cronograma de lançamento de vídeos, seja rigoroso ao cumpri-los. A liberação regular de vídeos no mesmo dia e horário, não apenas informa ao público quando ele pode esperar seu novo conteúdo, mas também oferece uma rotina para você trabalhar e cumprir.

Consistência não é apenas sobre a cronologia. Trata-se de garantir um conteúdo substancial e positivo à sua marca.

Quer surpreender? Pense bem, antes

Suponha que você siga um canal de corte e costura e ele seja sua fonte de todas as coisas que estão bombando. Todavia, sem explicação, o último evento postado fala sobre um ataque de alienígenas. Vai perecer estranho, não?

O impacto contrastante no conteúdo, sobretudo sem aviso anterior, é desagradável e deixará seus seguidores confusos e bem incomodados.

Se você quiser experimentar algo novo, é aconselhável preparar o seu espectador, deixando claro o que ele irá assistir.

Nada de surpresas imprevisíveis, certo? Porque você não é o Orson Welles e não vai querer saber nem um pouco da saia justa que ele passou.

Tudo bem, depois que tudo se esclareceu, ele ganhou fama e notoriedade. Mas poderia ter sido preso. E a sua história… terminado ali.


CONTEÚDO RELACIONADO – assista ao vídeo sobre a história de A Guerra dos Mundos, de Orson Welles


9ª passo – Vá direto ao ponto

Do que trata o seu vídeo? O que é e a que ele se destina? Você consegue resumir seu vídeo numa frase? Então não distraia seu seguidor, nem o faça perder tempo.

Se você pode dizer algo em 15 ou até 30 segundos, não tente esticar para 5 minutos, na esperança de que, com isso, seu espectador irá até o fim.

Porque o objetivo de todo vídeo é “mostrar” algo ao seu espectador. A narrativa de um vídeo é bem diferente de um texto, por exemplo. Sendo assim, se ele quisesse apenas ouvir, ele ouviria um podcast.

Objetividade é uma questão de vida ou morte para os seus vídeos

Veja o caso de uma reportagem: em primeiro lugar vem o lead, a primeira parte do texto. Ali, o repórter diz tudo sobre a notícia no primeiro parágrafo:

  • o que
  • como
  • quando
  • quem
  • por quê

Depois, no segundo parágrafo, as informações mais importantes, expandindo o que ele sintetizou no começo. E assim, sucessivamente, até o final da matéria.

A menos que se trate de uma narrativa semelhante a um romance, ou um filme de suspense, em que a revelação só virá nos últimos instantes, trate conquistar logo de início e de alimentar muito bem o seu espectador, enquanto ele está disposto a lhe conceder sua preciosa atenção.

Desenvolva um roteiro

Em geral, logo nos primeiros instantes, crie uma apresentação dizendo do que vai tratar e só depois mergulhe no seu conteúdo.

É assim que funciona

Por outro lado, se for um vídeo de instruções, é primordial que elas estejam muito bem ordenadas e claramente demonstradas ao longo da gravação.

Não arrisque perder seu visitante, pois você, fatalmente, só terá uma chance.

Todo contador de histórias pode se tornar um youtuber e vice-versa

Formatos de vídeos existem às toneladas. E seria até muito bom que você dedicasse algum tempo para aprender técnicas de elaboração de scripts.



Mas enquanto você se prepara para ocupar a vaga deixada por Syd Field, o guru dos roteiristas de Hollywood († 17 de novembro de 2013), o correto, neste momento, é você ser como você é.

As pessoas gostam de ver pessoas como tal elas são. E certamente o seu público irá gostar da sua cara, assim mesmo como ela é.

Isso refletirá, para ele, valores como honestidade, transparência, autenticidade. Esses são fatores básicos para qualquer engajamento.

Acredite, seu público vai lhe agradecer por isso

E já que o assunto é roteiro e o nome do Syd Field entrou no artigo, certamente você vai querer baixar, gratuitamente, o seu Manual do Roteiro. Acertei?

10º Passo – Siga seus semelhantes

Ao gravar para o seu público, você quer ser visto como conhecedor do seu setor. Isso implica ficar atualizado com as novidades sobre a sua fatia de público e sobre seus parceiros de vídeo.

Saber como se tornar um youtuber requer um mergulho no conhecimento de seu nicho

Acompanhar as notícias e os acontecimentos do seu setor, incluindo sua concorrência, permite que você crie conteúdo relevante e contextualizado para seus espectadores.

Ao assistir os vídeos dos seus concorrentes, você será capaz observar seus pontos fortes e fracos, o que eles entregam e o que não entregam.

Isso é ótimo, pois lhe permitirá fazer o que eles deixaram para trás. Ao preencher esses vazios, isso poderá resultar em ganhos de qualidade para seu canal e maior atenção da sua audiência.

Se você tem como prática acompanhar tudo o que for possível do seu nicho, isso também lhe dará uma boa chance de que seu conteúdo seja viso como algo único.

Um pilar para a construção da sua autoridade

Essa sistemática também ajudará você a se estabelecer como um canal de “acesso”, uma referência, para aquele que queira se manter atualizado sobre um determinado assunto do seu nicho.

11º passo – Promova seu canal e gerencie sua comunidade

Se você mede o sucesso por contagem de inscritos, seus assinantes são o seu ouro. Portanto, lembre-se de tratá-los como reis. Isso vai além de apenas responder e gostar de seus comentários.

O gerenciamento da comunidade pode ser um trabalho por si só, à parte. Sendo assim, uma ótima maneira de interagir com sua comunidade, instantaneamente, é realizar uma transmissão ao vivo.

Os lives estão com tudo

Os vídeos ao vivo estão se tornando cada vez mais populares. Pois permitem que você interaja diretamente com seus espectadores e mostre você por inteiro, tal com você é, justo pelo aspecto de improvisação desse formato.

Isso aproxima as pessoas de você, porque dá um certo calor humano à transmissão

Essa plataforma também é ótima para hospedar perguntas e respostas, para que seu público possa obter respostas às perguntas que estão ocorrendo logo abaixo do vídeo.

Você também pode abri-lo e pedir que seus espectadores deixem perguntas nos comentários, os quais você poderá responder durante a sessão.

Ao promover seu canal, use tudo o que estiver à mão

Expandir sua atuação nas outras redes sociais é uma ótima maneira de aproveitar tais plataformas para explorar novos públicos e propagar o seu canal.

Além do mais, estar presente socialmente em várias redes, mostra que você se disponibiliza a interagir. Pois é bastante positivo demonstrar-se comprometido com sua comunidade.

Veja como aumentar sua comunidade:

Cada nicho tem suas próprias comunidades online. Um bom lugar para começar é encontrar um fórum no Reddit ou um grupo dedicado no Facebook.

Também haverá lugares dedicados online apenas para o seu tópico de vlog

Se você faz vídeos sobre comida, por exemplo, há muitos fóruns de discussão sobre foodie, os apaixonados por iguarias.

De fato, a internet tem fóruns intermináveis espalhados pelo ciberespaço. Seja sobre esportes, seja sobre moda.

Coloque sempre links entre as redes sociais as quais você está presente. Um CTA (Call To Action – chamada para ação) colocado corretamente nos seus vídeos, pode ajudar bastante nisso.

Ao lançar um novo vídeo, anuncie em todos os seus outros canais: Twitter, Facebook, Tumblr, Pinterest, Snapchat, Instagram e muito mais.

Cada um desses canais expõe você a novos espectadores em potencial que podem redirecionar para seu canal e transformá-los em seguidores inscritos.

Aproveite o público de outras pessoas. Você não precisa tentar criar um público sozinho. Procure colegas youtubers que possam estar interessados ​​em uma colaboração. Isso ajuda você a ficar diante de novos públicos.

Por fim, jamais se esqueça de adicionar um link ao seu último vídeo.

12º passo – Multiplique sua audiência com um blog incrível

Blogs e canais de vídeo nasceram um para o outro. Não à toa que o Google comprou, em 2006 a plataforma YouTube, que hoje é o segundo site de mecanismo de busca da internet.

Quando seu conteúdo principal é feito para o YouTube, é difícil dar à sua marca outra casa. Tudo bem, mas como você pode ver acima, é perfeitamente possível compartilhar seus vídeos em outras redes sociais.

Aliás, você deve

Todavia, um blog espetacular, que aborde os conteúdos de seus vídeos, pode e deve ser o segundo lar para seu canal do YouTube. A grande vantagem disso é que você é o proprietário de tudo em seu website.

Essencialmente, você não está confinado ao que uma plataforma de mídia social tem a oferecer. Portanto, ter um blog com domínio próprio amplia todos os benefícios do YouTube.

Dessa forma, crie e publique artigos com assuntos relativos aos vídeos do seu canal. Com ele você pode se estender com o seu texto e dessa forma, complementar o que está gravado lá no YouTube.

Escrever artigos ajudará você nessa empreitada de se tornar um bom youtuber

Para interligar o conteúdo do seu canal aos artigos, use a opção incorporar vídeo. Então, para realizar isto, basta seguir as instruções do próprio YouTube.

Aproveite e deixe um link do artigo relacionado ao vídeo, logo abaixo dele. Essa interligação é benéfica, tanto para o canal, quanto para o seu blog.

Enfim, esse casamento resultará em mais visualizações para seus vídeos, com tráfego vindo diretamente do seu blog.


como se tornar um youtuber - criar blog

CONTEÚDO RELACIONADO:

Como Criar Um Blog Incrível e Ganhar Dinheiro Já – O Guia Completo!


13º passo – Aprenda com sua análise

Produzir vídeos é um eterno aprendizado para quem quer se tornar um youtuber de sucesso. É um eterno vir a ser. Pois até o melhor pode fazer ainda melhor.

Aprenda com sua audiência. O YouTube oferece uma seção de análise dedicada para seu canal, é Youtube Analytics, para que você possa ver o desempenho de seus vídeos.

Basicamente, o Youtube Analytics é uma ferramenta poderosa que você deve aproveitar para o seu canal, desde o seu começo.

Assim como o Google Analytics permite que você tenha uma visão completa, tando das pessoas que assistem seus vídeos, quanto das que acessam o seu blog.

Juntas, essas ferramentas permitem que você aprimore ainda mais seu público-alvo. Elas também darão uma ideia melhor do por que um vídeo pode ter tido um desempenho melhor que o outro.

14º passo – Descubra como monetizar com o seu canal

Antes de lançar um canal no YouTube com o objetivo de ganhar dinheiro, você precisa decidir em que tipo de lucro está interessado.

Você quer usá-lo como um canal promocional para seus próprios produtos e serviços? Ou você deseja que seu conteúdo de vídeo gere receita publicitária diretamente dessa plataforma?

A partir dessa definição, você tem a opção entre vender seus vídeos, alugá-los, ou mesmo configurar um plano de assinatura mensal.

E o mais relevante: é tudo grátis!

Todavia, qualquer possibilidade de faturar com o seu canal, só acontecerá depois que você tiver uma audiência constante.

Por isso, seu principal esforço deverá se concentrar na produção de conteúdo relevante e na sua publicação regular.

Depois de se tornar um youtuber com uma programação estável, aí sim, você estará pronto para começar a ganhar dinheiro com seus vídeos!

O parâmetros para o seu canal monetizar são os seguintes:

  • mínimo de 1000 inscritos
  • mínimo de 4000 horas de conteúdo assistido em 12 meses
  • mínimo de 10 mil visualizações
  • seguir as diretrizes de conteúdo estabelecidas pelo YouTube
  • ter um bom desempenho quanto ao engajamento de sua audiência

Quanto ganha um youtuber? O YouTube paga a partir da regra CPM (custo por mil) visualizações. Portanto, a cada 1000 views você pode ter direito a receber entre $ 0,25 e $ 4,50 (algo em torno de R$ 0,80 e R$ 15,00).

como se tornar um youtuber freelancer vídeo

Venda por assinatura

Esta é uma modalidade bastante atraente, pois não depende de grandes quantidades de visualizações. A partir 1000 views em cada material, você já pode começar a monetizar suas produções.

Se você pretende entrar para o sistema de EaD (ensino à distância), eis uma excelente oportunidade de ganhar pelo seu trabalho!

Neste caso, funcionam tanto as vendas pontuais, por vídeo, quanto por módulo ou mesmo por temporadas de conteúdo.

Na venda por assinatura, o cliente paga todo mês um valor estipulado por você e isso permitirá acesso a todo o material do canal.

Dessa forma, este modelo torna-se eficiente, pois os conteúdos poderão ser os mais variados, desde vídeos, músicas, até assuntos sobre comida, bebida, livros, ou mesmo qualquer coisa que for possível de se colocar num vídeo!

Links de afiliados

Os programas de afiliados são mecanismos de venda pela internet, que permitem a você indicar produtos ou serviços de terceiros, em troca de comissões por cada venda realizada.

Neste caso, seu canal poderá atuar como um propagador de suas promoções.

Como afiliado, não há necessidade de atingir aqueles parâmetros mínimos de visualizações para monetizar. Porque você tem o total controle da sua publicidade, com qualquer audiência!

Essa é uma ótima opção para os canais do YouTube que oferecem comentários e instruções e frequentemente recomendam novos produtos a seus espectadores.

Assim, trabalhando como afiliado, você poderá se associar a diversos produtores ao mesmo tempo. Nesses casos, o seu faturamento virá das vendas obtidas com as suas recomendações, ao invés do tráfego gerado no seu canal.

CONTEÚDO SUGERIDO:

Programas de Afiliados: Você Também Pode Ganhar Dinheiro Com Ele!

Invista em marketing para o seu canal

Existem muitas e diferentes estratégias que você pode adotar, dependendo do tipo de conteúdo que você está criando.

Todavia, você deve saber que, hoje, confiar apenas no Google AdSense não é tão eficaz quanto costumava ser.

A maioria dos youtubers agora investe em patrocinadores, ou aproveita as muitas oportunidades para alavancar o marketing de afiliados com o seu canal.

Sendo assim, apenas certifique-se de que, ganhar dinheiro nunca vem antes de criar um bom conteúdo. Bem como conectar-se com seus assinantes.

Pois eles serão capazes de saber e dizerem se você lhes está produzindo algum valor, ou se está apenas correndo atrás de dinheiro!

Para terminar um último lembrete: para monetizar, atender à sua audiência vem primeiro!


Comente e compartilhe este artigo

Aí está, tudo o que você precisava saber para se tornar um youtuber profissional. Era para ser um artigo… e acabou que virou um guia!

Entre pesquisas e revisões, você agora tem à disposição um material com mais de 5400 palavras. Ufa! Portanto, retorne a este artigo sempre que quiser e julgar necessário.

Quer saber? Eu fiquei mesmo super curioso: será que tudo isso servirá pra você?

Então vá em frente e comente aqui embaixo o que achou deste conteúdo. Depois espalhe para os seus amigos. Eu me sentirei gratificado com a sua participação.

Compartilhe isto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*